sábado, 29 de junho de 2013

Como seguir a Jesus

O grande obstáculo que nos impede hoje a muitos cristãos de seguirem de verdade a Jesus é o bem-estar em que vivemos instalados. Dá-nos medo levar a sério porque sabemos que nos exigiria viver de forma mais generosa e solidária. Somos escravos do nosso pequeno bem-estar.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

A Pastoral da Mulher de BH participa do I Seminário de Aprosmig

Hoje está acontecendo o I Seminário  organizado por Aprosmig (associação das Prostitutas de Minas Gerais) no Auditório da Secretaria Municipal de Politicas Sociais da Prefeitura de Belo Horizonte. O Seminário tem como titulo “ Prostituição e legalização: Trabalho, Direito e Cidadania”.

“Tecnologia ainda é coisa de homem, mas isto está mudando”

A internet e o ambiente digital colocam novos temas para a agenda feminista: as brechas de acesso das mulheres à internet e à cultura digital, as brechas à educação tecnológica, as brechas de acesso à produção de tecnologias, aponta Leonor Graciela Natansohn.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Associação das Prostitutas do Ceará vê 'hipocrisia' com espanhóis

Ao contrário do que se poderia imaginar, a realização da Copa das Confederações e do Mundial de 2014 em Fortaleza trouxe preocupação à Associação das Prostitutas do Ceará (Aproce). Receosa com o aumento do número de turistas do sexo masculino em função dos torneios, a Organização Não Governamental (ONG) vê traços de hipocrisia na repercussão da noitada de alguns jogadores espanhóis na capital e tenta se reestruturar em meio a um momento delicado.

Exploração sexual: Que atire a primeira pedra

A exploração sexual constitui um dos mais flagrantes atentados aos direitos humanos na América Latina e uma das mais vergonhosas degradações e desvalorizações do gênero humano. A cada dia, milhares de mulheres e meninas são transportadas como objeto comercial para ser exploradas como mercadoria sexual. Negócio que move bilhões de dólares anualmente. No entanto, [as autoridades, a polícia] geralmente, perseguem as mulheres que são vítimas, quando deveriam perseguir aos que as exploram.

Amar, ser, ter e estar. As relações de amor a partir da diversidade de gênero

Maristela Mitsuko Ono aponta como estereótipos de masculinidade a associação dos homens à esfera pública, força, autoridade, racionalidade, objetividade e virilidade; e de feminilidade a associação das mulheres à esfera privada, fragilidade, submissão, sentimentalismo, subjetividade, delicadeza e maternidade.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Quantos negros para cada dez personagens?

A Globo se preocupa até com a vida online de seus personagens, um brinco! No tempos de Fina Estampa, Griselda tinha um hotsite para sua empresa. Com Amor à Vida é possível conhecer online o Hospital San Magno. Ali estão os médicos mais importantes da trama, seis personagens brancos, entre eles a mocinha. É nesse ambiente que será inserida Verônica, interpretada por Ana Carnatti, após a constatação de que não havia negros na trama.

Rede de exploração sexual em Três Marias

Depois de nove meses de investigações, 14 pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público (MP) por favorecimento à prostituição e exploração sexual de de crianças, adolescentes e adultos em Três Marias, Região Central de Minas. Uma operação conjunta entre o MP e as polícias Civil e Militar foi realizada para desarticular a rede de prostituição no município.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Sobre o momento histórico vivido no Brasil -L. Boff-

Anuncia-se um parto novo. Devemos fazer tudo para que não seja abortado por aqueles daqui e de lá de fora que querem recolonizar o Brasil e condená-lo a ser apenas um fornecedor de commodities para os países centrais que alimentam ainda uma visão colonial do mundo, cegos para os processos que nos conduzirão fatalmente a uma nova consciência planetária e à exigência de uma governança global.

Imagens impressionantes: mulher é agredida pela PM durante protesto em Belo Horizonte

Vídeo mostra a força excessiva utilizada por policiais militares, que após dispararem balas de borracha a curta distância contra manifestantes com as mãos para cima, atacam de forma covarde a uma jovem indefesa.

Jovem é preso por assaltar prostitutas dentro de suas casas em Belo Horizonte

O rosto bonito e o jeito educado de Felipe Moura Rabelo, de 25 anos, escondiam as verdadeiras intenções do rapaz. Bem vestido e articulado, ele procurava garotas de programa de Belo Horizonte e, depois de praticar sexo com elas nas residências delas, as ameaçavam com uma arma, anunciava o assalto e fazia uma limpa nos imóveis. Roubava, principalmente, dinheiro e notebooks. Antes de fugir, o jovem fazia um terror: ameaçava voltar para matar as vítimas, caso elas o denunciassem à polícia. As prostitutas eram procuradas nos anúncios de jornais e internet e em sites que oferecem serviço de acompanhantes de executivos e serviço de massagem.

Prostituição, prática ou “quem somos nós afinal?”


Abre-se aí um leque de opções para a prostituição: todas as idades servem para consumo, todas as formas, de modo que aleijadas e vovós são tão queridas quanto pré-adolescentes, anãs e morbidamente gordas. Ninguém fica de fora dessa democracia. O requisito é o seguinte: propor-se a dar um tipo de prazer e cumprir com isso porque se aprimorou no treinamento para tal.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Campanha pedindo o boicote à Copa aquece debate sobre Mundial

video
Entre as mensagens e reivindicações nas manifestações de rua no Brasil, as que mais parecem ter impressionado a imprensa e o público estrangeiros são os slogans anti-Copa. E a popularidade de um vídeo postado por uma brasileira na internet dá a medida de como essas mensagens contra o Mundial se espalharam.A gravação, em inglês, tem o título Não, não vou para a Copa e já foi vista por mais de 1,5 milhão de pessoas.

Homem de verdade não bate em mulher


Essa campanha está embasada na ideia de retirar o valor do homem que vence a mulher pela força física. O verdadeiro homem não vai submeter uma mulher através do poder de seu bíceps. As disputas e conflitos entre os sexos não irão acabar, da mesma forma como é utópico o ideal da paz mundial. Todavia, nossa sociedade precisa estimular as partes em conflito a usar as palavras como armas. 

A passeata é contra você, sabia?

O brasileiro se levantou contra toda essa corrupção e violência. Um senso de indignação generalizado, de já ter tolerado demais, apanhado demais. Mas se você foi à manifestação e usa carteirinha de estudante para ter meia-entrada, mas não é estudante, você é parte do problema. Você não tem moral para reclamar da corrupção deste país. O nome disso é hipocrisia. (Reclame mesmo assim, por favor, porque são dois problemas diferentes.)

domingo, 23 de junho de 2013

Quem é Jesus para nós?

Não basta recitar o Pai Nosso. Temos de sepultar para sempre fantasmas e medos sagrados que se despertam por vezes em nós afastando-nos Dele. E temos de liberar-nos de tantos ídolos e deuses falsos que nos fazem viver como escravos.